HERANÇA QUE VEM DOS AVÓS PARA OS NETOS, NÃO É ATINGIDA POR DÍVIDA DO PAI QUE FALECIDO.

HERANÇA QUE VEM DOS AVÓS PARA OS NETOS, NÃO É ATINGIDA POR DÍVIDA DO PAI QUE FALECIDO. No direito sucessório brasileiro, a herança dos avós é transmitida diretamente aos netos nos casos em que o pai dos herdeiros tenha falecido antes da sucessão (pai pré-morto). Nessas hipóteses, os bens herdados por representação não chegam a…

COM CONFIRMAÇÃO DE GRAVIDEZ NO FINAL DO AVISO-PRÉVIO, OPERADORA DE CAIXA DA LEO MADEIRAS GARANTE ESTABILIDADE.

COM CONFIRMAÇÃO DE GRAVIDEZ NO FINAL DO AVISO-PRÉVIO, OPERADORA DE CAIXA DA LEO MADEIRAS GARANTE ESTABILIDADE. A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Léo Madeiras, Máquinas & Ferragens Ltda., de Santo André (SP), a pagar indenização compensatória da estabilidade provisória da gestante a uma empregada que engravidou…

NO PACTO ANTENUPCIAL TODAS AS CLÁSULAS DEVEM SER CUMPRIDAS, MESMO COM SEPARAÇÃO OU DIVÓRCIO.

NO PACTO ANTENUPCIAL TODAS AS CLÁSULAS DEVEM SER CUMPRIDAS, MESMO COM SEPARAÇÃO OU DIVÓRCIO. Excepcionalmente, a promessa de doação feita em pacto antenupcial deve ser cumprida em casos de separação ou divórcio, uma vez que o compromisso de transferência de bens firmado entre o casal não pode ser considerado promessa de mera liberalidade. Com base…

TST NEGA RECURSO A SOUZA CRUZ S.A., AGORA TEM QUE PAGAR HORAS EXTRAS PARA FUNCIONÁRIO.

TST NEGA RECURSO A SOUZA CRUZ S.A., AGORA TEM QUE PAGAR HORAS EXTRAS PARA FUNCIONÁRIO. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou recurso da Souza Cruz S. A. contra decisão que a condenou a pagar como horas extras o tempo excedente a oito horas diárias a um mecânico de manutenção. A decisão segue…

A TAM LINHAS AÉREAS S.A. REINTEGRAR AO EMPREGO UM COMANDANTE DEMITIDO.

A TAM LINHAS AÉREAS S.A. REINTEGRAR AO EMPREGO UM COMANDANTE DEMITIDO. A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que determinou à TAM Linhas Aéreas S.A. reintegrar ao emprego um comandante demitido por ocasião da reestruturação societária da empresa. A Turma reiterou entendimento de que a empresa descumpriu critérios da convenção coletiva de…

REFORMA TRABALHISTA, novas regras a partir do dia 11 de novembro.

  REFORMA TRABALHISTA, novas regras a partir do dia 11 de novembro. ACORDOS E CONVENÇÕES COLETIVAS. Negociação vai prevalecer sobre a CLT quando tratar de temas como jornada, intervalo para almoço e plano de cargos, salários e funções Poderá ser negociado Organização da jornada de trabalho > Banco de horas individual > Intervalo intrajornada > Plano…

DOS ALIMENTOS GRAVÍDICOS, alimentos para auxiliar no período da gestão

DOS ALIMENTOS GRAVÍDICOS, alimentos para auxiliar no período da gestão. Alimentos gravídicos. Nascimento com vida. Conversão automática dos alimentos gravídicos em pensão alimentícia em favor do recém-nascido. Lei 11.804/2008, art. 6º, parágrafo único. Para o STJ, o Direito de Família, o alimentos gravídicos são uma garantia à gestante e uma proteção para o nascituro com…

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO BÁSICA O PLR SERÁ DE 18% EM OUTUBRO.

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO BÁSICA O PLR SERÁ DE 18% EM OUTUBRO. Está garantido na Convenção Coletiva de Trabalho dos professores de educação básica: as escolas têm até o dia 15 de outubro para pagar participação nos lucros ou resultados (PLR) de 18%. A PLR deve ser paga integralmente a todos…

UMA TRABALHADORA DA BRF FOODS NÃO CONSEGUE ANULAR PEDIDO DEMISSÃO, FEITO QUANDO JÁ TINHA CIÊNCIA DA GRAVIDEZ.

UMA TRABALHADORA DA BRF FOODS NÃO CONSEGUE ANULAR PEDIDO DEMISSÃO, FEITO QUANDO JÁ TINHA CIÊNCIA DA GRAVIDEZ. Uma operadora de produção da BRF S.A. que, mesmo ciente de seu de gravidez, pediu demissão sem comunicar o fato ao empregador não conseguiu anular o pedido e convertê-lo em dispensa imotivada a fim de receber a indenização…

UM MÉDICO PLANTONISTA GANHA NA JUSTIÇA TRABALHISTA O DIREITO DE TER SUA CARTEIRA ASSINADA POR HOSPITAL DE SÃO PAULO.

UM MÉDICO PLANTONISTA GANHA NA JUSTIÇA TRABALHISTA O DIREITO DE TER SUA CARTEIRA ASSINADA POR HOSPITAL DE SÃO PAULO. A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou recursos do Hospital e Maternidade 8 de Maio Ltda., de São Paulo, contra decisão que reconheceu o vínculo de emprego de um médico plantonista. No último deles,…